Plano de saúde cobre cuidador de idoso
Plano de saúde cobre cuidador de idoso?
19 de janeiro de 2021
Câncer de pele em idosos
Câncer de pele em idosos: é importante conhecer para prevenir e tratar precocemente
21 de janeiro de 2021
Exibir tudo

Como a catarata em idosos pode ser tratada? Glaucoma causa cegueira? Saiba mais sobre estes problemas oftalmológicos na terceira idade.

catarata em idosos

Entenda como o glaucoma no idoso e a catarata em idosos podem prejudicar ou mesmo acabar com a visão. Para evitar isso, é essencial que cuidadores e familiares reconheçam os sintomas e promovam o acompanhamento da pessoa assistida por especialistas.

Leia também:

Quando a telemedicina no Brasil servirá, enfim, aos idosos?

Respeito ao idoso por parte do cuidador é responsabilidade do profissional e de todos os envolvidos no cuidado

Insônia em idosos é problema comum: será que pode ser minimizado?

CPAP e BiPAP: entenda o que são estes dispositivos que ajudam idosos contra a apneia do sono

(Artigo com informações da Oftalmed Hospital da Visão).

Catarata em idosos

A catarata é responsável por mais de 51% dos casos que resultam na perda de visão, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). “Apesar desses dados, a doença é que a mais oferta possibilidade de tratamento em todo o mundo”, explica o especialista da Oftalmed, Jonathan Lake.

De acordo com a Associação Brasileira de Catarata e Cirurgia Refrativa, a cirurgia de catarata é a mais realizada na oftalmologia e foi uma das técnicas cirúrgicas que mais evoluiu nas últimas décadas. São realizadas cerca de 550 mil cirurgias ao ano no país, segundo o Ministério da Saúde.

A catarata em idosos, causada pela opacificação do cristalino (problema que impede a luz de atingir o fundo do olho), pode ser revertida com tratamento cirúrgico. “A lente natural opaca é removida e substituída por uma lente artificial transparente, chamada de lente intraocular”, explica Jonathan.

Apesar de ser uma cirurgia complexa e que exige treinamentos, não há o que temer porque, geralmente, o pós operatório é bem sucedido, gerando benefícios para o paciente e à  sociedade de um modo geral.

Benefícios da cirurgia de catarata em idosos

  • Melhora da visão: o paciente passar a enxergar com mais clareza e precisão;
  • Qualidade de vida:  o retorno da visão contribui para o paciente retomar suas atividades e a interação em seu círculo social, com potencial para diminuir casos de ansiedade e depressão;
  • Aumento da expectativa de vida*: Ao comparar mulheres submetidas ou não à cirurgia de catarata, especialistas da Universidade da Califórnia observaram uma queda de 60% no índice de mortalidade entre aquelas acima de 65 anos que realizaram o procedimento;
  • Reduz taxas de acidentes*: A incidência de acidentes comuns por conta da baixa visão dos pacientes, como quebra de ossos por quedas (16%) e acidentes de carro (13%), também diminui (a catarata em idosos também é considerada fator de risco para acidentes domésticos).

*Estudo feito por uma entidade americana apontou diversos benefícios pós-cirúrgicos. São dados baseados nos números de cirurgias americanas e seus pós-operatórios.

Glaucoma causa cegueira em idosos

Sobre o glaucoma: doença que atinge até 1 milhão de brasileiros, não tem cura e é uma das principais causas de cegueira no mundo. Por ser uma doença que não apresenta sintomas, a melhor forma de prevenir o glaucoma é a realização de avaliações oftalmológicas periódicas.

Os idosos são os mais acometidos pelo glaucoma. Aqueles que têm história de glaucoma na família, pressão ocular elevada, diabetes e Hipertensão arterial, são afrodescendentes ou de origem asiática, usuários de corticoide e portadores de alta miopia ou hipermetropia elevadas, devem ter cuidado redobrado e cuidar da manutenção de sua saúde ocular.

Boa notícia sobre o glaucoma

Pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia com 11 mil pessoas, na faixa etária de 40 anos, revelou que a incidência de glaucoma era significativamente menor entre os mais ativos fisicamente.  

Nos últimos anos, os estudos científicos têm contribuído para identificar inúmeros fatores de risco para o Glaucoma como a apneia do sono, obesidade, carências vitamínicas e alterações da pressão arterial e do sistema nervoso central. 

A pesquisa revela ainda que os que praticam atividade físicas moderadas e intensas por pelo menos dez minutos na semana têm 25% de chances de evitar o desenvolvimento da doença.

De acordo com o especialista em Glaucoma da Oftalmed, Marcos Ferraz, atividades aeróbicas ou de força física propiciam a liberação de substâncias que regulam a pressão intraocular e a pressão arterial,  considerada um dos fatores de risco para desenvolvimento da doença. 

Em contrapartida, pacientes que, por ventura tiverem predisposição ao aumento da pressão do olho, devem evitar atividades que exijam esforço na posição deitada pronada (barriga para baixo) ou invertida, como a ioga, levantamento de peso e outros”, aconselha o especialista.  

Ferraz explica ainda que a pressão intraocular é geneticamente determinada, geralmente aumenta com a idade e é mais baixa naqueles indivíduos que possuem hábitos saudáveis, praticam exercícios físicos e fazem consumo regular e moderado de bebidas alcoólicas.

Outros fatores externos podem influenciar no desenvolvimento do glaucoma como problemas de saúde, traumas, e o uso de diversos medicamentos orais ou tópicos (corticoides, antidepressivos, ansiolíticos e anti-psicóticos).

(Para mais informações sobre glaucoma e catarata em idosos, consulte a Oftalmed Hospital da Visão)

Editorial Acvida
Editorial Acvida
O Editorial da Acvida Cuidadores é feito por nossa equipe de conteúdo, que inclui especialistas em cuidados paliativos, em administração de equipes de cuidadores e jornalistas. Seu objetivo é trazer informações relevantes a todos os envolvidos no trato das pessoas incapacitadas de realizar o autocuidado. Reuniremos artigos médicos e científicos, publicações jornalísticas relevantes, recomendações e entrevistas com especialistas, relatos de pessoas que passaram pela experiência de cuidar de um ente querido, enfim, tudo o que possa ajudar nossos leitores a trazer qualidade de vida para idosos, familiares e cuidadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso de um Cuidador