Acidentes domésticos
Acidentes domésticos com idosos: você sabe como agir? Confira 7 dicas para evitar os mais comuns.
13 de abril de 2021
Vitaminas para idosos
Vitaminas para idosos: conheça 10 que não podem faltar na alimentação
16 de abril de 2021
Exibir tudo

Home Care para idosos não dispensa a presença do cuidador

Home Care para idosos

Com o distanciamento social, os brasileiros aprenderam o valor da autonomia e da liberdade. Quem cuida de idosos em domicilio (como num serviço de home Care para idosos) sabe que a independência nas atividades diárias é fundamental para a autoestima do idoso e para expectativa de vida. Por isso mesmo, a presença do cuidador continua essencial para idosos dependentes.

Ninguém penteia seu cabelo como você, diz o ditado. Isso vale não apenas para o idoso, mas para qualquer indivíduo que se percebe numa situação momentânea de incapacidade. Queremos fazer as coisas do nosso jeito, e isso não muda, na verdade se intensifica, com o avanço da idade. E será o cuidador os “braços e pernas” de um idoso incapacitado de usar seus próprios membros.

Leia também:

Como o cuidador auxilia quando há um home care para idosos na residência?

Como desengasgar um idoso em 3 passos – conheça a Manobra de Heimlich

Vacina Covid: 2 requisitos para imunizar cuidadores de idosos

Atendimento profissional de home care para idosos

A maioria das famílias optaram por manter o atendimento dos profissionais de saúde que auxiliam o idoso, exigindo que os profissionais vão até a residência tomem todas as medidas para um atendimento seguro. Nunca é demais lembrar dos EPIs corretos: máscara adequada, touca antes de adentrar na casa, e, em alguns casos, luvas descartáveis.

É fundamental ainda que a higienização do profissional seja feita ao chegar à morada do paciente, em local isolado, antes de ter contato com ele. A vestimenta usada no atendimento não pode ser a mesma usada no trajeto até a casa. Nos pés, protetores descartáveis sobre os sapatos ou meias antiderrapantes. Tudo isso deve vir em uma bolsa com espaço para itens higienizados, separado dos demais apetrechos.

Dica importante aos cuidadores e demais profissionais de saúde: utilizar o álcool nas mãos e objetos a serem manuseados na sessão na presença da pessoa a ser atendida, de forma que ela sinta segurança em todo o processo.

Confira o que cuidadores e familiares devem saber sobre a Covid-19 (Coronavírus) e sobre como se preparar para realizar procedimentos com o idoso durante a pandemia: clique aqui.

Cuidar da terceira idade requer comprometimento

Outro fator fundamental no cuidado com o idoso é a participação da família: a dedicação de levar às sessões ou de manter o agendamento das terapias no home Care para idosos, bem como as rotinas do cuidador (atividades de vida diária), contribuem para uma melhor qualidade de vida. Isso porque, quando é feita a interrupção ou alteração na rotina do idoso, é este quem mais sente.

É importante atentar para a possibilidade de ocorrência da sarcopenia nos casos de idosos impedidos de fazer exercícios e fisioterapia, que é a perda de massa muscular própria do idoso, podendo haver redução da quantidade e tamanho das fibras musculares devido à redução de atividades físicas e alteração hormonal, o que é muito comum em indivíduos sedentários. Por outro lado, quando o acompanhamento é mantido, o vigor físico do idoso é muito maior e constante, bem como sua autoestima.

Outro fator a ser considerado é a manutenção da boa disposição do idoso. Em tempos de isolamento, muitos são agredidos por uma tristeza profunda se não tiverem a sua rotina preservada. Aqui fica uma recomendação: se o ganho do seu idoso com as sessões é lento, não desista. A persistência e manutenção das atividades é que trará resultados.

Outro tópico relevante: em um ano de pandemia, depressão e ansiedade já somam tantos ou mais casos do que os da própria Covid-19. É comum que cuidadores e outros profissionais de saúde ouçam no seio familiar muitos conteúdos importantes que o idoso desabafa, mas que não fazem parte das atividades técnicas de suas profissões. É preciso saber quando ouvir, ter discrição para tratar (se se puder tratar) e sensibilidade para não se envolver demais (nem frieza para ignorar o sofrimento alheio).

Ao tomar todos esses cuidados, o cuidador e os demais profissionais, incluindo o home care para idosos, trarão para a família uma experiência muito mais satisfatória que pode trazer a redução de dores, ganho de autonomia e mais alegria de viver.

Você sabia?

Uma home care oferece serviço de internação domiciliar para tratar pessoas cujas condições de saúde, por si, não exijam todo o aparato de um hospital. A função do home care para idosos é manter o paciente vivo.

O cuidador de idosos, por sua vez, oferece cuidados paliativos para garantir que o idoso goze uma vida plena e feliz dentro do que suas condições de saúde permitem. Conheça as atribuições do cuidador profissional e entenda porque o cuidador é um profissional de saúde essencial para o cuidado a idosos dependentes.

Quer saber mais?

Gostou deste artigo sobre home Care para idosos? Conheça também a ABECI (Associação Brasileira dos Empregadores de Cuidadores de Idosos).






Editorial Acvida
Editorial Acvida
O Editorial da Acvida Cuidadores é feito por nossa equipe de conteúdo, que inclui especialistas em cuidados paliativos, em administração de equipes de cuidadores e jornalistas. Seu objetivo é trazer informações relevantes a todos os envolvidos no trato das pessoas incapacitadas de realizar o autocuidado. Reuniremos artigos médicos e científicos, publicações jornalísticas relevantes, recomendações e entrevistas com especialistas, relatos de pessoas que passaram pela experiência de cuidar de um ente querido, enfim, tudo o que possa ajudar nossos leitores a trazer qualidade de vida para idosos, familiares e cuidadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso de um Cuidador