Felicidade e liberdade
Felicidade e liberdade para idosos e seus cuidadores
28 de abril de 2021
Síndrome da fragilidade
Síndrome da Fragilidade em idosos: o que é e o que cuidadores e familiares precisam sabe
29 de abril de 2021
Exibir tudo

Você sabe o que é hipertensão sistólica isolada no idoso?

Hipertensão sistólica isolada

O processo de envelhecimento traz modificações na quantidade e qualidade das fibras que compõem os vasos, resultando em maior rigidez na parede das artérias. A hipertensão sistólica isolada exige que o coração exerça uma maior pressão para impulsionar o sangue por essas artérias, o que causa um aumento da pressão máxima com riscos para a saúde do idoso.

Leia também:

Pressão alta em idosos – conhecer, prevenir e controlar

Cuide-se antes do envelhecimento: sugestões para quem está na fase do “enta” (40, 50, 60, 70, 80, 90)

Quais são as causas da desnutrição em idosos

Oxigenoterapia domiciliar: quando é indicada?

O que é hipertensão sistólica isolada

Antes de tudo, é importante esclarecer que o coração trabalha recebendo e bombeando sangue para as demais áreas do corpo. Por sua vez, a sístole é o fenômeno em que há a contração dos músculos cardíacos, de forma a esvaziar e impulsionar o sangue para as artérias. A pressão do sangue no bombeamento recebe o nome de pressão arterial sistólica ou máxima.

Por outro lado, a diástole é a situação em que o sangue, após ter percorrido todo o corpo, passa pelas veias e retorna para o coração relaxado. Esse movimento de retorno determina a pressão diastólica ou mínima.

hipertensão sistólica isolada pode ser definida como uma pressão arterial sistólica maior que 140 mmHg juntamente a uma pressão arterial diastólica menor que 90 mmHg, ou popularmente 14 por 9. 

Hipertensão sistólica isolada

É a forma mais prevalente de elevação da pressão arterial em indivíduos acima de 50 anos.

Pelo fato de não ter sintomas, na maioria das vezes não é diagnosticada, podendo acarretar danos para saúde se não tratada. Suas principais complicações são doença cerebrovascular, doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca, insuficiência renal crônica, retinopatia e insuficiência vascular periférica.

Hipertensão sistólica isolada em idoso

Os grandes vasos e as arteríolas aumentam sua espessura da parede com o envelhecimento fisiológico. Essa perda da distensibilidade e elasticidade fazem da hipertensão arterial um problema comum na população idosa, alcançando a prevalência de 60% a 80% em alguns grupos. A hipertensão sistólica isolada corresponde a 60% dos casos de hipertensão nos idosos. Apesar de ser um problema frequente, ainda não é bem controlada principalmente porque exige uma mudança de hábitos.

Hipertensão sistólica isolada: tratamento

O tratamento da hipertensão sistólica isolada deve se dar de forma individualizada. Por isso, é preciso levar em conta não só os níveis da pressão arterial sistêmica que determinam uma intervenção, mas também o grau de fragilidade do idoso, as suas comorbidades e possíveis incapacidades já instaladas. Apenas o médico assistente poderá prescrever tratamento e oferecer acompanhamento adequado.

Na dúvida, procure um cardiologista.

Leia mais:

O que pode causar a perda de peso no idoso?

Doenças crônicas em idosos: conheça as mais comuns

Como identificar e lidar com o estresse do cuidador?

Conheça a Associação Brasileira dos Empregadores de Cuidadores de Idosos

Editorial Acvida
Editorial Acvida
O Editorial da Acvida Cuidadores é feito por nossa equipe de conteúdo, que inclui especialistas em cuidados paliativos, em administração de equipes de cuidadores e jornalistas. Seu objetivo é trazer informações relevantes a todos os envolvidos no trato das pessoas incapacitadas de realizar o autocuidado. Reuniremos artigos médicos e científicos, publicações jornalísticas relevantes, recomendações e entrevistas com especialistas, relatos de pessoas que passaram pela experiência de cuidar de um ente querido, enfim, tudo o que possa ajudar nossos leitores a trazer qualidade de vida para idosos, familiares e cuidadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso de um Cuidador