Manipulação de alimentos
Manipulação de alimentos pelo cuidador de idosos
11 de novembro de 2020
Uma chance para cuidadores de idosos
Uma chance para cuidadores de idosos: são 1200 oportunidades de trabalho patrocinadas pela Acvida
13 de novembro de 2020
Exibir tudo

Prevenção de queimaduras em idosos

Prevenção de queimaduras em idosos

As queimaduras em idosos podem acontecer por descuidos no próprio ambiente familiar, podendo ser difíceis de serem tratadas em especial no caso de idosos com diabetes. 

Leia também:

Sobre a demência no idoso: o que cuidadores e familiares precisam saber

Mal de Alzheimer: 5 dicas para lidar com idosos no dia a dia 

6 qualidades do cuidador de idosos (necessárias)

Um livro (imperdível) sobre Alzheimer

É muito importante tomar cuidado na hora de cozinhar, mexer com ferro de passar roupa, dentre outras tarefas cotidianas realizadas próximas ao idoso. Confira mais sobre este assunto no texto abaixo.

Cuidados para prevenir queimaduras em idosos

Prevenir queimaduras em idosos é algo extremamente relevante, pois a pele menos elástica e naturalmente desidratada na terceira idade faz com que a cicatrização seja mais difícil e demorada.

As queimaduras podem ocorrer pelo contato direto com o fogo, líquidos aquecidos, vapor de água aquecida, contato com o ferro de passar roupa, correntes elétricas (choques), produtos inflamáveis, exposição excessiva ao sol (insolação), radiação, agentes químicos, congelados (o gelo pode sim provocar queimaduras e isto não é figura de linguagem), dentre outros. 

As medidas de prevenção de queimaduras em idosos numa residência devem incluir vários pontos. Listamos os mais relevantes.

Evitar que o idoso cozinhe

Devido a idade, fatores como visão comprometida, reflexos lentos, mãos trêmulas e força reduzida acabam favorecendo acidentes dentro da cozinha. O ideal é que o idoso dependente tenha alguém para preparar o seu alimento sem que ele precise mexer com o fogão e com panelas pesadas e quentes. 

Manter distância da cozinha enquanto estiver preparando algo

O ideal é tentar mantê-los distantes da cozinha em momentos de preparo de alimentos, pois podem se queimar encostando no fogão ou outro equipamento superaquecido (como o vidro do forno). 

Se preparar alimentos é algo que o idoso gosta, tente incluí-lo na atividade mas deixando sempre a parte de mexer com o fogão, forno e demais equipamentos que aquecem com o responsável familiar ou cuidador.

DICA: Ao sair da cozinha certifique-se de que todas as bocas do fogão estejam desligadas

É muito importante certificar-se que o gás foi corretamente fechado e que não há cheiro de gás no ambiente. 

Atenção ainda às fontes de calor que parecem não se aquecer: fogões de indução (como os vitrocerâmicos) induzem correntes elétricas na panela e não parecerão quentes antes da cocção, mas poderão ocasionar acidentes após seu uso.

Evitar panelas pesadas que podem ocasionar queimaduras

Se realmente for preciso que o idoso mexa com panelas na cozinha, é necessário pensar em utensílios leves que sejam fáceis de manuseados. Assim, panelas de barro ou ferro precisam ser evitadas. 

Mais ainda, quando uma panela já é pesada e a pessoa coloca comida em seu interior, o peso extra aumenta o risco que haja um acidente. 

Na mesma linha, cuidado especial deve ser dado às panelas de pressão: respeitar as especificações dos fabricantes quanto à qualidade mínima e máxima de água é essencial para evitar não apenas queimaduras mas também explosões!

Não deixá-lo sozinho

Idosos dependentes não devem ficar sozinhos em casa, afinal ele/ela pode precisar suprir suas necessidades, que vão desde tomar banho até cozinhar para se alimentar.

Poucos instantes podem ser suficientes para que o manuseio de uma faca gere um corte, ou uma panela quente gere uma queimadura, ou o gás vazando gere um incêndio ou explosão (como neste caso em que o idoso precisou ser internado). 

Queimaduras em idosos: como evitar

Listamos outros pontos relevantes para evitar acidentes caseiros.

  • Verificar a temperatura do chuveiro antes de deixar o idoso tomar banho;
  • Verificar a temperatura dos alimentos antes de servir ao idoso;
  • Atenção ao abrir bolsas com vapor aquecido, como no caso de pipocas de micro-ondas ou esterilizadores caseiros (como de mamadeiras);
  • Não permitir que o idoso dependente manuseie produtos inflamáveis (álcool) e químicos (como produtos de limpeza);
  • Evitar bolsas e compressas de água muito quentes ou congeladas;
  • Não fumar dentro de casa e não descartar cigarros no chão;
  • Não esquecer o fogo aceso;
  • Evitar deixar os cabos das panelas para fora do fogão, mantendo o idoso mais distante do fogão;
  • Minimizar a exposição à radiações como de micro-ondas: não opere o aparelho com a porta danificada ou com objetos afixados nesta;
  • Evitar passar roupas na presença do idoso e nunca deixar o ferro de passar quente no mesmo cômodo onde se encontra um idoso sozinho;
  • Não deixar velas acesas durante a noite, tampouco churrasqueiras e lareiras;
  • Não permitir cortina ou panos de pratos próximos ao fogão;
  • Lembre-se: eletricidade e água não combinam em hipótese alguma;
  • Não deixe aparelhos elétricos ligados à tomada desnecessariamente, em particular carregadores de celular “piratas”;
  • Não fazer reparos em instalações elétricas sem antes desligar a chave geral e sem profissionais experientes;
  • Não fazer reparos em instalações de gás sem profissionais experientes e certificados;
  • Não utilizar fósforos acesos para descobrir objetos durante a noite ou para investigar vazamento de gás;
  • Idosos devem pegar sol de acordo com orientação médica, preferencialmente sem protetor solar, mas evitando a exposição excessiva que pode culminar em insolação;
  • Planeje seus ambientes: se possível, conte com um arquiteto especializado em arquitetura para idosos
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Banner-Cameras.jpg

Como tratar queimaduras em idosos

Em geral, se alguém sofre alguma queimadura, buscar por ajuda médica é a indicação correta.

Imediatamente após a queimadura, deixar água corrente limpa fria (mas não gelada) sobre o ferimento pode ajudar a limitar os danos à pele, que continua aquecida após o contato com a fonte de calor.

Evite soluções caseiras como passar urina, pasta de dente, pó de café, clara de ovo, manteiga, cremes ou pomadas quaisquer sobre a área lesionada. Além de não resolver o problema, tais soluções podem agravar a situação.

Lembre-se que uma queimadura diminui as defesas do organismo e, não incomum, são porta de entrada para infecções, situação ainda mais grave no caso de idosos com debilidades imunológicas (como os diabéticos).

Dica Acvida: saiba como aumentar a imunidade dos idosos.

Editorial Acvida
Editorial Acvida
O Editorial da Acvida Cuidadores é feito por nossa equipe de conteúdo, que inclui especialistas em cuidados paliativos, em administração de equipes de cuidadores e jornalistas. Seu objetivo é trazer informações relevantes a todos os envolvidos no trato das pessoas incapacitadas de realizar o autocuidado. Reuniremos artigos médicos e científicos, publicações jornalísticas relevantes, recomendações e entrevistas com especialistas, relatos de pessoas que passaram pela experiência de cuidar de um ente querido, enfim, tudo o que possa ajudar nossos leitores a trazer qualidade de vida para idosos, familiares e cuidadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *