Saturação baixa em idosos
Saturação baixa em idosos: o que fazer
11 de junho de 2021
Vacina Covid-19
Vacina Covid: 2 requisitos para imunizar cuidadores de idosos
11 de junho de 2021
Exibir tudo

Atividades físicas para o idoso praticar

Atividades físicas para o idoso

É comum surgirem dúvidas quanto às melhores atividades físicas para o idoso. Diante dos problemas que surgem na terceira idade, alguns familiares têm receio de estimular a prática de determinados exercícios físicos por medo de piorar a condição do idoso.

O problema é que a falta de atividades físicas, em alguns casos, pode prejudicar ainda mais a qualidade de vida dos sedentários. 

Leia também:

Saturação baixa em idosos: o que fazer

11 fatores que destacam a importância da atividade física na vida do idoso

Internação domiciliar de idosos: 5 questões relevantes para as famílias

Conheça a Associação Brasileira dos Empregadores de Cuidadores de Idosos

Para evitar que isso aconteça e ajudar os familiares e idosos a escolherem o melhor exercício, listamos aqui as atividades mais recomendadas para quem chegou na terceira idade, que devem ser praticadas sempre mediante acompanhamento de especialistas.

Natação para o idoso

A natação ganha um lugar de destaque entre as atividades físicas para o idoso. Afinal, além de contribuir para a queima de calorias, ela também ajuda na parte aeróbica, no fortalecimento dos músculos e na proteção das articulações.

Assim, os idosos que praticam essa atividade com frequência, conseguem aliviar e evitar doenças como a osteoartrite e a artrite. Isso é fundamental para os idosos que sofrem com esse tipo de problemas nos ossos e juntas.

Outro ponto que merece destaque é que ao ser uma atividade feita na água, há uma vasodilatação das vias respiratórias. Como consequência, os idosos sentem uma melhora instantânea na respiração.

Alongamentos para idoso

Os alongamentos não poderiam deixar de estar presentes na lista de exercícios para idosos. Eles são fundamentais para a melhora da flexibilidade e da circulação sanguínea de quem já atingiu a terceira idade.

Ao serem praticados com frequência, os alongamentos promovem melhora na amplitude dos seus movimentos e até na realização de atividades diárias como organizar a cozinha ou o armário, por exemplo.

Além disso, especialistas asseguram que os alongamentos também ajudam na diminuição da rigidez das articulações e dos músculos. O resultado disso é a redução de lesões.

Bicicleta para idosos

Diferente do que algumas pessoas acreditam, a bicicleta é uma das melhores atividades físicas para o idoso. Ela promove uma série de benefícios como a melhora do equilíbrio e o fortalecimento dos músculos da panturrilha, das coxas e os quadris.

Trabalhar essas áreas do corpo é essencial para que os idosos consigam manter uma rotina saudável. No entanto, é necessário que os praticantes tenham alguns cuidados ao começar a pedalar.

Além de passar pela avaliação de um profissional é recomendado que o idoso também tome precauções para evitar lesões, tais como andar sempre equipado com capacetes e luvas.

Musculação na terceira idade

A musculação na academia é um dos exercícios para idosos mais recomendados pelos especialistas, pois estimulam o fortalecimento das pernas e dos músculos da cintura.

Nesse caso, é importante focar mais nas repetições do que no peso, pois uma carga maior pode provocar dores nos músculos e causar danos nas articulações. Para evitar esse tipo de problema, o ideal é que os idosos realizem as atividades com o acompanhamento de um profissional.

Dessa maneira, os seus treinos serão dirigidos para o fortalecimento dos grupos musculares corretos e naqueles que contribuem para a melhora da respiração e da circulação sanguínea.

Yoga para idosos

As atividades físicas para o idoso, promovidas pela yoga ou ioga (em português), promovem melhoras consideráveis não só no alívio das dores provocadas pela idade, como também no aumento da autoestima. Por se tratarem de exercícios realizados de maneira gradual e de acordo com a capacidade física dos alunos, o risco de lesões são mínimos.

A ioga também é única quando se trata da melhora da flexibilidade e do equilíbrio ao proporcionar melhor compreensão do corpo (consciência corporal) e da mente, que estarão em completa harmonia.

Somado a isso, a ioga também podem oferecer benefícios como:

  • Alívio das dores;
  • Melhora da percepção dos movimentos;
  • Fortalecimento da musculatura;
  • Aumento do equilíbrio e consequentemente ajudar a evitar quedas;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Diminuição do estresse;

Apresentadas algumas ótimas opções de atividades físicas para o idoso, é importante reforçar que antes de iniciar qualquer exercício físico é preciso passar pela avaliação e ter a aprovação de um profissional capacitado. Essa é a melhor maneira de garantir que o idoso poderá aproveitar os benefícios da atividade escolhida.

E não se esqueça de pedir a opinião do idoso no momento da escolha da atividade física, afinal, apenas assim ele estará mais motivado e disposto a realizá-la.

Editorial Acvida
Editorial Acvida
O Editorial da Acvida Cuidadores é feito por nossa equipe de conteúdo, que inclui especialistas em cuidados paliativos, em administração de equipes de cuidadores e jornalistas. Seu objetivo é trazer informações relevantes a todos os envolvidos no trato das pessoas incapacitadas de realizar o autocuidado. Reuniremos artigos médicos e científicos, publicações jornalísticas relevantes, recomendações e entrevistas com especialistas, relatos de pessoas que passaram pela experiência de cuidar de um ente querido, enfim, tudo o que possa ajudar nossos leitores a trazer qualidade de vida para idosos, familiares e cuidadores.

3 Comments

  1. Jane kett Florêncio de carvalho disse:

    gostaria de saber onde fica,,?

  2. Excelente iniciativa parabéns mesmo muita gratidao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso de um Cuidador