Trabalhadores têm até 30 de junho para sacar o abono salarial de 2015
Trabalhadores têm até 30 de junho para sacar o abono salarial de 2015
21 de junho de 2017
Presidente da república sanciona lei que defende prioridades para idosos acima dos 80 anos
Presidente da república sanciona lei que defende prioridades para idosos acima dos 80 anos
20 de julho de 2017
Exibir tudo

FGTS: Oriente sua doméstica a acompanhar os depósitos e rendimentos

FGTS: Oriente sua doméstica a acompanhar os depósitos e rendimentos

Olá amigos. Sou Camila Oliveira da Acvida Cuidadores e hoje vou compartilhar com vocês uma informação muito importante sobre encargos trabalhistas do empregado doméstico.

Desde a regulamentação da PEC das Domésticas, os trabalhadores passaram a ter direito também ao FGTS. O Fundo é recolhido pelo empregador, juntamente com o INSS no eSocial, e constitui 8% da remuneração do trabalhador

O funcionário pode ter acesso ao extrato de pagamentos para confirmar a regularidade dos depósitos no site na Caixa Econômica Federal a qualquer tempo e sem a intervenção do patrão. O portal possibilita também ao empregado receber mensagens de texto pelo celular para consultar seu saldo. Para isso o trabalhador precisa cadastrar uma senha e informar o número de identificação social, o NIS (PIS/PASEP), no link a seguir: Clique aqui.

É muito importante o empregado controlar continuamente seu extrato do FGTS para conferir se os depósitos estão sendo lançados todos os meses. Além disso, é um exercício de cidadania e garante transparência da relação trabalhista, segurança e satisfação no trabalho.

Se gostou ou achou o conteúdo relevante, deixe sua opinião em nosso blog e curta no facebook, além de assistir aos vídeos no Youtube. Nossos endereços:Blog do Cuidado      |      Youtube      |      FacebookUm abraço, até a próxima.

Camila Izabela de Oliveira
Camila Izabela de Oliveira
Formada em Enfermagem e Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Brasília (UnB), tem diversos cursos de especialização em atenção primária e gerontologia. O foco de seu trabalho é na qualidade dos cuidados paliativos e na formação de profissionais cuidadores. Criou um dos primeiros cursos de formação de cuidadores do Brasil com mais de 100 horas/aula, sendo destas mais de 40 ofertadas em estágio supervisionado ou aulas práticas. Também é enfermeira titular da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF), onde desenvolve atividades de acompanhamento e suporte à famílias com crianças especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso de um Cuidador