Qual o valor do cuidador de idosos (R$) trabalhando numa residência?

Qual o valor do cuidador de idosos? Quanto custa para manter cuidadores em casa? Saiba como calcular os custos no Blog do cuidado.

Qual o valor do cuidador de idosos

O custo associado aos serviços prestados por cuidadores de idosos depende de uma série de fatores, por exemplo, o valor do salário, os encargos legais porventura devidos (horas extras, adicional noturno…), o custo com transporte, se os profissionais serão ou não administrados por uma empresa, entre outros.

Custo de cuidadores de idosos

Calcular o valor necessário para se manter um cuidador profissional em casa, esta é uma dúvida comum de muitas famílias. Gravamos o vídeo abaixo para esclarecer alguns pontos.

https://www.youtube.com/watch?v=bsssSB-CP_c

Calcule a despesa do cuidador de idosos

A planilha a seguir também pode ser uma alternativa para ajudar as famílias a entender qual o valor do cuidador de idosos (os custos associados à contratação), além de permitir determinar as despesas e encargos associadas ao contrato de trabalho em função da jornada cumprida pelo funcionário (que tenha a carteira de trabalho assinada).

Confira:

https://www.youtube.com/watch?v=c_3AU_PkaMM&index=2&list=PLRpg3WcJmHV1biWD8BYhQ6NkPNvjz3msQ&t=1s

Famílias que gastam menos com cuidadores 

Os serviços do cuidador de idosos são sempre essenciais, e isso quer dizer que quem precisa destes não pode prescindir (ficar sem). Assim é essencial assegurar que haja capacidade financeira para bancar os valores, pois, de outra forma, muitas famílias deixariam seus entes queridos passando necessidade.

Para controlar custos, sem abrir mão de uma supervisão profissional dos cuidados, você sabia que a Acvida recruta, seleciona, capacita, substitui e cobre faltas de cuidadores com plantão 24h/dia, acompanha os cuidados, oferece monitoramento por câmeras, oferece cadeiras de rodas/banho, faz a contabilidade (inclusive executando pagamentos), mesmo se a família optar por ser o contratante legal dos cuidadores?

Cuidador

A Acvida cuidadores pode ajudar sua família de várias formas além da terceirização, que é a modalidade mais comum. Fale conosco hoje mesmo.

Compartilhamos abaixo outras dicas para determinar qual o valor do cuidador, e economizar.

Contrate da forma correta

Não é incomum as famílias contratarem o cuidador de idosos em nome de um familiar e não do assistido. Ao fazê-lo, não consideram que, em caso de falecimento do assistido, possivelmente terão que arcar com o aviso prévio do cuidador, dentre outros passivos legais.

Por isso, recomendamos a nossos clientes que a admissão seja realizada no CPF do assistido (quem recebe os serviços).

Na mesma linha, utilizar os serviços de um cuidador autônomo (ou MEI – Micro Empreendedor Individual) pode ser uma alternativa para o controle de gastos desde que seja feito estritamente dentro da lei.

Idoso

Nosso DP (Departamento Pessoal para administração de empregados em ambiente doméstico) pode ajudar no cálculo de qual o valor do cuidador de idosos, incluindo todas as questões legais pertinentes.

Pagar o vale transporte do cuidador

Pague o VT sempre no valor adequado: nem mais, nem menos. Muitas cidades hoje dispõe de sistema de mobilidade integrada, ou seja, pagando-se uma única passagem é possível se deslocar por toda a área urbana.

Mas muitas vezes os cuidadores solicitam mais de uma passagem para trechos em que existe a integração, seja por desconhecimento, seja por comodidade, ou ainda para economizar alguns minutos em itinerários em que os horários da integração ainda não lhe são tão convenientes.

Consulte o operador do sistema de transporte de sua cidade e verifique o real itinerário que seu cuidador de idosos utiliza. Também discuta alternativas com ele/ela sobre qual trajeto é o melhor.

Da mesma forma, recomendamos ao empregador não renunciar ao desconto previsto em lei (6% do salário base no contracheque): caso abra-se mão deste artifício desde o início do contrato de trabalho, o empregador não poderá reivindicá-lo no futuro.

Importante: pagar o VT integrado ao contracheque pode ensejar que seu valor seja contado para fins de verbas anuais ou rescisórias (férias e 13o salário), por isso faça o pagamento através de vales oficiais, em crédito nos cartões (quando disponível) ou em dinheiro mediante recibo comprobatório.

Exigir controle de recursos domésticos

Exija do cuidador de idosos um controle de estoque dos recursos (alimentos, insumos de limpeza, medicamentos) que estejam à sua disposição: o uso indiscriminado de recursos pode onerar a família desnecessariamente. Qual o valor do cuidador (quanto se gasta para manter o profissional) dependerá de como este ajuda (ou não) no controle de recursos da casa.

Cuidadores

Dica Acvida Cuidadores: utilize o Diário do Cuidador de Idosos gratuito para o registro dos estoques e da rotina de trabalho.

https://youtu.be/7Zkg79nMmw4

Gaste menos com o cuidador

Qual o valor do cuidador: algumas dicas são essenciais para manter o controle de custos numa residência com cuidadores de idosos, confira:

Se for deixar valores em espécie (dinheiro) com funcionários, institua um caixa fixo. Funciona da seguinte forma: se o caixa fixo for de R$300,00 e sair R$50,00 em dinheiro para uma compra, deve-se colocar no lugar uma nota fiscal ou recibo de R$50,00 comprovando a saída, de forma que o caixa terá sempre a mesma quantia.

Se houver mais de um cuidador de idosos na casa, todos devem conferir o caixa ao iniciar e ao terminar seus plantões. Recomenda-se à família repor o caixa (aportar valores) em dias fixos e de conhecimento de todos, por exemplo, num mesmo dia da semana. Confirma em detalhes os 7 passos do caixa fixo.

Se o cuidador de idosos for o responsável por separar a medicação oferecida ao assistido, exija que faça e anote a contagem de estoque diariamente em um meio disponível a todos da casa. Relembrando: nosso Diário do Cuidador é gratuito e pode ajudar com isso.

Média salarial do cuidador de idosos

O mais determinante para se determinar qual o valor do cuidador passa por determinar seu salário.

Na maioria dos casos, o salário base ficará entre um e dois salários mínimos. O valor final do contracheque bruto, que deve incluir os adicionais legais (quando for o caso), deve ser calculado por um especialista, pois, à depender da escala de trabalho, deve abarcar:

  • Horas extras;
  • Adicional noturno;
  • Hora noturna reduzida em relação à hora relógio;
  • Parcela do Descanso Semanal Remunerado (DSR ou RSR) que incide sobre as verbas acima;
  • Outras exigências legais.

Quanto custa um cuidador de idosos de acordo com a experiência

O custo exato vai incluir os fatores acima somados ao salário base, que podem ser descontados da parcela referente ao transporte (-6% do salário base), INSS, alimentação, entre outros. Solicite informações em sua região.

Perguntas frequentes

Abaixo compartilhamos as dúvidas mais comuns enviadas por nossos leitores e respondidas pelos especialistas do Blogdocuidado sobre o tema “Qual o valor do cuidador de idosos?”.

Quanto custa em média contratar um cuidador de idosos para trabalhar em casa?

Depende do estado. Consulte o valor do salário mínimo em sua região, e inclua eventuais horas extras, adicional noturno, DSR ou RSR (Descanso ou Repouso Semanal Remunerado), dentre outros fatores exigidos por lei e/ou Convenção Coletiva de Trabalho local.

Qual é o valor da hora de um cuidador de idosos para serviço domiciliar?

O valor da hora é calculado segundo a legislação: divide-se o salário base por 220 (contratos de 44h/semana) ou 180 (contratos de escala 12×36). Por exemplo, considerando um salário mínimo de 2023 (R$1.320,00), teremos o valor da hora em R$6,00 para a primeira opção e R$7,33 para a segunda. Convenções Coletivas de Trabalho locais podem ter outras exigências para tais cálculos.

Quais os fatores que influenciam o preço do cuidador de idosos para trabalho em residência?

Listamos os principais fatores a seguir:

  • Valor do salário base;
  • Horas extras;
  • Adicional noturno;
  • Hora noturna reduzida em relação à hora relógio;
  • Valor diário do transporte;
  • Jornada de trabalho;
  • Fornecimento ou não da alimentação preparada;
  • Formação (habilidades) do cuidador.

É mais econômico contratar um cuidador de idosos em tempo integral ou por horas avulsas?

Para jornadas semanais acima de 25 horas por semana pode ser melhor contratar alguém em tempo integral.