6 Mitos sobre idosos
6 Mitos sobre idosos
3 de setembro de 2020
Controle da folha de ponto
Controle da folha de ponto para cuidadores
8 de setembro de 2020
Exibir tudo

8 dicas de prevenção de doenças nos idosos

prevenção de doenças nos idosos

Existem dicas de prevenção de doenças nos idosos capazes de ajudar por completo aos familiares, cuidadores e até mesmo aos idosos que querem manter uma vida estável e de qualidade. 

Sendo assim, é importante ter em mente como essas dicas são capazes de ajudar a manter nossos idosos com saúde, basta apenas acompanhar o post abaixo! 

Leia também:

Saúde do idoso: pergunte ao especialista

A pneumonia em idosos: por que devemos manter a atenção?

O Cuidador de idosos é um profissional de saúde?

Doença de Alzheimer: o que familiares precisa fazer

Alimentação equilibrada e saudável 

A alimentação equilibrada e saudável é essencial para ajudar na prevenção de doenças nos idosos, o que sabemos é que o corpo humano tem uma validade. Isso porque os ossos se desgastam, as células acabam enfraquecendo e os músculos perdem a força.

Além de que a estrutura corporal acaba sofrendo alterações ao longo dos anos, entre elas as hormonais, e então os idosos precisam se assegurar para fortalecer sua saúde por meio de hábitos saudáveis.

Tendo uma alimentação saudável e uma vida mais regrada, atividade física adequada a sua condição e boas noites de sono, isso acaba fazendo automaticamente uma enorme diferença, e também importante para manutenção da massa muscular.

Evitar locais fechados com idosos 

Sabidamente as baixas temperaturas no inverno e as altas temperaturas do verão acabam fazendo com que as pessoas mantenham os ambientes fechados (com ar condicionado no caso do calor).

Porém, o que muitas pessoas acabam esquecendo é que um ambiente fechado e somando a aglomeração de pessoas, acaba por elevar o risco de contágio de doenças que tendem a ser transmitidas diretamente pelas vias aéreas.

Sendo assim, essa é uma das dicas capazes de ajudar na prevenção de doenças nos idosos, e por este motivo devemos evitar que os mesmos fiquem em locais fechados e com muitas pessoas ao redor.

Evitar contato com fumantes 

O idoso deve evitar contato com fumantes justamente porque a fumaça do cigarro é completamente nociva, em qualquer situação. 

Porém, principalmente no inverno a fumaça do cigarro deve ser evitada, afinal por causa do tempo seco, é bem comum as mucosas nasais ficarem mais sensíveis.

Logo, o que acontece é que o contato com a nicotina acaba sendo um fator desencadeador de rinites, alergias e até mesmo tosse, portanto, os cuidadores e os familiares devem evitar que os idosos fiquem próximos aos fumantes.

Manter a casa limpa e arejada para o idoso 

Outra das dicas mais essenciais para a prevenção de doenças nos idosos, diz respeito justamente à manutenção da casa limpa, afinal, os móveis devem ser limpos e durante o dia a casa também precisa ser limpa. 

Além do mais, é interessante deixar as janelas e portas abertas, deixar o local livre de mofo, tornando o local ideal para o idoso.

Idoso deve ter uma boa noite de sono 

Dormir é muito bom, e quase todo mundo gosta, entretanto, o que poucas pessoas entendem é que a qualidade do sono é capaz de trazer inúmeros benefícios para a saúde de todos, e dentre os maiores benefícios a longevidade é o que mais se destaca. 

Sendo assim, quando o idoso costuma ter uma boa noite de sono, e possui outros hábitos saudáveis, isso tudo acaba sendo indispensável para enfim garantir o bom funcionamento do corpo do idoso e de sua própria mente.

O que acontece é que com o passar dos anos acabamos tendo algumas interrupções do sono, e isso acontece porque a melatonina que também é o principal hormônio responsável por regularizar nosso sono, acaba diminuindo sua taxa de produção enquanto envelhecemos. 

Reforçar a hidratação do idoso 

Certamente uma das dicas para prevenção de doenças nos idosos, também diz respeito aos cuidados com a hidratação da pessoa idosa, isso porque elas são bem mais vulneráveis e então desidratam com maior facilidade.

Lembrando que a desidratação está completamente relacionada não somente à pouca ingestão de líquidos, mas ainda devido a fatores tais como: utilização de medicamentos que são capazes de induzir o idoso a urinar mais vezes, e isso libera um volume maior de líquidos diariamente.

O que acontece é que a desidratação acaba gerando um risco maior de quedas, doenças dentais, infecções no trato urinário, pedras nos rins, entre outros. 

Evitar contato com pessoas gripadas 

Não há sombra de dúvidas que os idosos precisam se manter longe de pessoas que estão gripadas, lembrando que a imunidade dos mesmos tende a ser mais baixa do que o comum, portanto, é importante tomar cuidados para não deixar o idoso se gripar. 

Vacinas do idoso devem estar em dia 

A vacinação em pessoas que possuem idade acima de 60 anos é essencial, e jamais pode ser negligenciada, justamente porque dessa idade em diante há um enfraquecimento natural do sistema imunológico colocando essa pessoa nos grupos de risco. 

A vacinação é uma das principais formas de evitar doenças contagiosas, e o idoso precisa estar com a caderneta em dia!

Editorial Acvida
Editorial Acvida
O Editorial da Acvida Cuidadores é feito por nossa equipe de conteúdo, que inclui especialistas em cuidados paliativos, em administração de equipes de cuidadores e jornalistas. Seu objetivo é trazer informações relevantes a todos os envolvidos no trato das pessoas incapacitadas de realizar o autocuidado. Reuniremos artigos médicos e científicos, publicações jornalísticas relevantes, recomendações e entrevistas com especialistas, relatos de pessoas que passaram pela experiência de cuidar de um ente querido, enfim, tudo o que possa ajudar nossos leitores a trazer qualidade de vida para idosos, familiares e cuidadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *