Como fazer máscara de tecido à mão

Máscaras contra o Coronavírus parecem ter resultados eficazes contra a disseminação do novo Coronavírus. Saiba o que cuidadores de idosos podem fazer para se proteger e para proteger o idoso assistido.

Muitos países tem recomendado o uso de máscaras caseiras como medida de proteção coletiva contra o Coronavírus (Covid-19), em especial no caso de pessoas que precisem ficar próximas de outras pessoas, como um cuidador que cuida de um idoso em sua residência. Saiba mais aqui.

O Ministério da Saúde do Brasil publicou, em seu site oficial um manual com orientações para a fabricação de máscaras caseiras como forma de proteção contra o novo Coronavírus. Clique aqui para baixar.

A dificuldade de importação de máscaras da China, somadas a evidências de que podem ser tão ou mais eficazes do que as máscaras industriais descartáveis, levaram o órgão brasileiro a aderir à recomendação já adotada em diversos países.

Além de eficiente, é um equipamento simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você e outras pessoas ao seu redor.

Manual divulgado pelo Ministério da Saúde

Leia também:

O que o Coronavírus causa para idosos e cuidadores

Imunidade do idoso: como aumentar

Coronavírus, Ibuprofeno e o idoso: atenção redobrada

Coronavírus: o que cuidadores e idosos precisam saber

Auxílio Emergencial sobre o Coronavírus para idosos e cuidadores

Detalhes para a fabricação

Para haver eficiência, segundo o Ministério, máscara caseira precisa seguir as seguintes especificações:

  • Ter pelo menos duas camadas de pano
  • Ser individual (em hipótese alguma pode ser compartilhada)
  • Serem feitas com algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos (pode ser fabricada com camisetas antigas, por exemplo)
  • Serem feitas nas medidas corretas: cobrindo totalmente a boca e nariz e serem bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais, com elásticos ou tiras.

É tão eficiente (contra o Coronavírus) quanto as máscaras descartáveis. A diferença é que ela tem que ser lavada pelo próprio indivíduo para que se possa manter o autocuidado. Se ficar úmida, tem que ser trocada”.

Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde..

Por isso mesmo, a recomendação é que se tenha pelo menos 2 máscaras por pessoas, de modo que haja sempre uma disponível e limpa. Se feita de tecido branco, será mais fácil de perceber sujeira e lavar em água sanitária sem desbotar.

A máscara facial é um EPI (Equipamento de Proteção Individual) e, como tal, no caso de famílias que contratem cuidadores, deve ser fornecida pela família.

Mais detalhes das recomendações do Ministério da Saúde

  • A máscara deve ser de uso individual, não pode ser compartilhada em hipótese alguma com outras pessoas (mesmo familiares próximos como pai, mãe…);
  • Devem ser bem higienizadas (o ministério indica água e sabão ou molho de 10 minutos em água sanitária após o uso, ou a cada 2 horas). Por isso, para uso contínuo, cada pessoa deve ter pelo menos 2 máscaras;
  • Recomendação de uso: sempre que for sair de casa. No caso de cuidadores de idosos, recomenda-se usar durante todo o período de contato com o idoso;

E ainda:

A pneumonia em idosos: por que devemos manter a atenção?

Precisa de um cuidador de idosos? Não contrate sem antes ler

Situação no mundo

A Acvida Cuidadores antecipou na quarta 01/04 que outras países já criavam campanhas para incentivar o uso de máscaras caseiras como forma de diminuir a velocidade de contágio da Covid-19. O vídeo que compartilhamos ilustra a situação:

Treinamento compulsório para profissionais de saúde

Ministério da Saúde criou cursos a distância (ação estratégica O Brasil Conta Comigo) para capacitar profissionais de saúde no enfrentamento à Covid-19. O cadastramento é obrigatório para profissionais das seguintes áreas: serviço social, biologia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia e terapia ocupacional, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia e técnicos em radiologia.

Cuidadores de idosos não foram incluídos, mas a Acvida Cuidadores, em parceria com a Abeci (Associação Brasileira dos Empregadores de Cuidadores de Idosos) vai preparar um material gratuito (baseado neste disponibilizado pelo Ministério) para garantir que os idosos acompanhados em suas residências tenham profissionais qualificados e com o mesmo nível de informação das demais disciplinas da saúde. Aguardem mais informações.

Juntos, vamos vencer essa luta.

Uso de mascará com óculos

Instruções de como usar